Rentabilidade no Ecommerce

6 causas para a baixa rentabilidade no ecommerce

A baixa rentabilidade no ecommerce é um dos principais desafios de todo gestor. Muitas vezes os empreendedores digitais se lançam em um projeto de e-commerce sem o conhecimento necessário para a sua implantação.  Sem preparo, acabam encontrando uma série de dificuldades no caminho para viabilizar o negócio e, como consequência, a receita de suas lojas virtuais ficam aquém do esperado. Muitos são os motivos que podem interferir em uma trajetória eficiente para alcançar a rentabilidade ideal de um negócio online e, por isso, conhecer cada um deles é importantíssimo para evita-los.

6 razões que impedem a rentabilidade no e-commerce

Existem muitas causas da baixa rentabilidade de uma loja virtual. No entanto, elas podem ser facilmente identificadas e resolvidas com soluções, na maioria das vezes, simples. Entenda:

1 – Ausência de um planejamento

Uma das causas mais importantes e que ocorre com alta frequência entre os empreendedores digitais é a falta de um planejamento. Se um projeto de negócio bem desenvolvido já apresenta riscos, imagine como seria iniciar um empreendimento sem planejar detalhadamente o negócio. A ausência de um plano impede o cálculo adequado de riscos, o estabelecimento de métricas de avaliação e desempenho e, consequentemente, de um investimento adequado nas áreas mais estratégicas da empresa.

Muitos empreendedores digitais não sabem que existem modelos de plano de negócios específicos para ecommerces ou que podem adaptar um modelo já existente para o seu formato de negócios online em particular. Também, por falta de tempo, muitos preferem pular a parte de planejar e partir direto para a execução e, sem qualquer parâmetro a ser seguido, não conseguem traçar metas e objetivos, dificultando a rentabilidade de sua loja virtual.

2 – Batalhas travadas com a concorrência

No e-commerce a concorrência é acirrada. As facilidades para entrar nesse mercado são muitas, mas a permanência nele depende de uma série de fatores. Travar uma guerra de preços toma bastante tempo de um empreendedor na busca por fornecedores que ofereçam uma melhor política de preços que o permitam se destacar no mercado digital.

No entanto, essa batalha pelo menor preço inviabiliza o negócio e impede a rentabilidade no e-commerce. Muitas vezes, o empreendedor fica tão focado em oferecer preços menores que não enxerga outras possibilidades que poderiam ajudar a alavancar o negócio e torná-lo rentável. Se um cliente não sentir segurança para efetuar uma compra, em um determinado site que ofereça o melhor preço, por exemplo, ele comprará no que oferecer o segundo melhor preço, mas parece seguro. Muitos fatores podem ser considerados mais importantes o valor do produto ou serviço.

3 – Altos investimentos em campanhas com baixo retorno

É importante que os empreendedores virtuais utilizem publicidade paga na internet como forma de estratégia para aumentar as visitas e alavancar as vendas. Mas é preciso cuidado. A falta de um planejamento adequado em marketing digital impede que se estabeleçam metas de orçamento para investir nas campanhas, trazendo resultados pouco satisfatórios em relação ao investimento.

As ferramentas de métricas, utilizadas para avaliar o grau de sucesso de uma campanha publicitária digital, também são muito ignoradas, hábito que impede uma análise mais aprofundada das campanhas que dão o melhor retorno para o negócio.

A maior armadilha é que o empreendedor percebe o baixo retorno de suas campanhas online e, sem saber identificar a causa do problema, investe ainda mais recursos nas mesmas ferramentas na tentativa de melhorar seus resultados. Isso aumenta seus custos por clique (CPC) e diminui seu lucro. É preciso conhecimento em métricas e tempo para aprender a avaliá-las antes de investir todo o seu budget de marketing em apenas uma ou duas campanhas.

4 – Mau uso das estratégias comerciais

Oferecer frete grátis e formas de pagamento que permitam os clientes parcelar as suas compras são estratégias muito utilizadas para se destacar da concorrência no mercado online. O problema é que, geralmente, não existe um planejamento para oferecer esses benefícios, o que compromete ainda mais o orçamento do empresário.

Uma estratégia voltada para disponibilizar frete grátis, no e-commerce, está altamente relacionada com a estratégia de aumento do ticket médio da loja virtual. Por isso, oferecer frete grátis em compras muito pequenas, além de perder uma grande oportunidade para aumentar as vendas, não aumentará a rentabilidade do negócio.

O mesmo vale para o parcelamento de compras. As taxas cobradas pela prestação dos serviços de financiamento, pelos bancos e operadoras de cartões de crédito e débito, podem inviabilizar o negócio quando utilizadas em compras de menor valor.

5 – Baixa taxa de conversão em vendas

Um site que não tenha uma estrutura otimizada de acordo com uma estratégia personalizada de funil de vendas dificilmente terá uma taxa de conversão satisfatória para tornar o negócio viável.

Essa etapa deixa de ser complexa no momento em que uma empresa especializada em consultoria para ecommerces disponha de soluções para estruturar o site adequadamente e ajudar a firmar o negócio no mercado digital. Ignorar uma parceria profissional de marketing online poderá comprometer totalmente a trajetória do seu negócio, uma vez que a utilização das ferramentas de marketing digital, de forma adequada, é responsável pelo sucesso da maioria dos empreendedores.

6 – Experiência adquirida na compra

A preocupação com preços e logística leva o empreendedor a não lembrar que uma experiência de compra excelente em seu site pode fazer toda a diferença na hora de fidelizar seus clientes. Hoje, na internet, os consumidores conseguem encontrar com relativa facilidade produtos interessantes por preços bastante competitivos. No entanto, a experiência que possuem com o processo de compra online, principalmente quando se trata dos consumidores brasileiros, é muito ruim. Não é a toa que os ecommerces figuram entre os primeiros colocados em sites como o Procon e o Reclame Aqui. Investir para que sua loja virtual se torne agradável de ser navegada e fazer de tudo para que o atendimento ao cliente seja fantástico, vai fazer toda a diferença para que o seu negócio se destaque diante da concorrência.

Tente se colocar no lugar do cliente e veja o que poderia fazer para surpreendê-lo durante e depois da compra. Isso pode ajudar a desenvolver um diferencial exclusivo para o seu e-commerce e torná-lo inesquecível para quem realizar uma compra por ele.

Para saber mais sobre o assunto, elaboramos um post que se aprofunda mais nas informações de como uma experiência de compra pode ser a peça chave para a rentabilidade no e-commerce. Clique aqui.